Decoração: tudo começa com um conceito!

Processo de criação

Você já parou para pensar o que é decoração?Que ela é um processo de criação?
Como você “sente” a decoração?Em que, ela influencia a sua vida?
Será que de fato decoração é algo simples e que todo mundo consegue fazer?
A sua casa reflete quem você é de verdade? Ou você se sente “um estranho no ninho”?
Os serviços de um profissional da decoração são realmente importantes?

Estava lendo um post da Isabela Herbetta (do blog Casa Bela), sobre a reforma que ela está empreendendo em seu apartamento e de como tudo foi realizado a partir de um “conceito” que ela definiu para cada ambiente.

Inspirada por ele, resolvi compartilhar com você como funciona o processo criativo de um projeto de decoração.Acredito que isso vai ajudá-lo a entender as questões descritas acima.

Muitas pessoas acreditam que decorar uma casa é muito fácil, bastam apenas ter bom gosto e entrar em uma loja para se comprar o que precisa.

Bom, as coisas não funcionam dessa maneira.Acredito que existam pessoas que nasçam com um “feeling” para a decoração e que mesmo sem ter estudado nada sobre isso, conseguem, intuitivamente, criar um ambiente bonito, proporcional e agradável.Mas isso não é regra, é exceção.
Assim, como existem pessoas, que podem fazer inúmeros cursos de decoração e ainda assim, não conseguir criar um ambiente agradável.

A decoração é um casamento entre estudo (muito gente!!!) e dom.É como um artista, que sentindo as cores, o ambiente, as imagens que o cercam materializa essas sensações em uma  tela.O processo de criação de um designer é bem parecido.Para criar um a ambiente não apenas bonito, mas funcional e adaptado ao gosto do cliente, ele precisa ter em mão um “conceito”.

E o que seria esse ”conceito”?
O conceito de um projeto é resultante de uma pesquisa, não apenas das necessidades palpáveis do cliente (uma determinada cadeira que ele sempre gostou, uma cor que o atrai…) mas também de lembranças, sentimentos, sensações.
É impressionante, como muitas vezes, sentimentos que estavam esquecidos servem de mote, para que possamos tornar realidade a casa de uma pessoa.

Perguntas diretas aos nossos clientes, muitas vezes geram respostas mecânicas e não refletem exatamente as necessidades do mesmo.
O conceito, pode começar com uma simples imagem que ficou gravada na cabeça da pessoa e o que isso evoca de sentimentos para ela.

Processo de criação
Imagem: pixelperfectdigital.com

Vamos supor, que ao falar do ambiente cozinha, ela se lembre das tardes passadas na casa da avó, vendo a mesma assar deliciosos bolos?Pode ser que essa pessoa hoje tenha uma vida agitada, que não a permita cozinhar muito.Mas a sensação que ela quer inconscientemente para a sua cozinha é a cozinha da avó!!!!

Então podemos ter uma cozinha prática, mas com a presença de objetos retrô, madeira e talvez até mesmo objetos que pertenceram à avó!
Será que deu para entender um pouco como funciona a cabeça de uma pessoa????
Muitas vezes o dia a dia nos impõe uma idéia, mas o que no fundo queremos pode muitas vezes estar na direção contrária.

Processo de criação
É por isso que ao buscarmos respostas baseadas apenas em necessidades, ao finalizarmos um projeto de acordo com o que nosso cliente pediu, ao vê-lo, o mesmo não sente empatia por ele….Complicado não é?
Temos que ter um quê de psicólogos também, queridos.

E é para ajudá-lo a conquistar uma Lar Doce Lar e sem gastar muito (dá uma olhadinha aqui para saber como!!), que eu criei esse site e blog…

Não tem nada mais gostoso do que ver o rosto de um cliente se abrir em um sorriso, quando ele vê o tão sonhado ambiente torna-ser realidade.

Sei que ficou um tantinho longo esse nosso post de estréia, mas como profissional, amo compartilhar com os leitores todo o árduo e delicioso processo de criação.
Espero que você curta e possa se inspirar nos posts que vem por aí…
Sinta-se em casa!!!!!

Uma opinião sobre “Decoração: tudo começa com um conceito!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *