Juta sua linda!!!

Interessante como vemos um material constantemente diante de nossos olhos e não conhecemos a história pro trás dele.

A juta tão comum entre nós, tão desprezada às vezes foi introduzida entre nós por um grupo de jovens colonos japoneses que se estabeleceu na Vila amazônica da década de 20 do século passado.

Eles vieram para o Brasil devido ao crescimento acelerado da população em seu país de origem e a uma oferta tentadora do governador do Amazonas Ephigênio Salles.

A cultura da borracha encontrava-se em decadência e ele ofereceu terra aos japoneses em troca de mão de obra especializada.

Eles escolheram então a cultura da juta que é uma fibra originária da Índia. Esse produto era indispensável para o comércio internacional, pois com ele fabricavam-se os sacos  de café e outras mercadorias devido à sua característica de absorver umidade.

E pra nós ele realmente sempre foi associado a esses sacos, que posteriormente foram substituídos em alguns casos por sacos de material sintético.

O legal é que muitas pessoas estão reutilizando esses sacos de café para revestir cabeceiras, poltonas, pufes e cadeiras, além de confeccionar mutos outros objetos!!

Juta sua linda!

Juta sua linda!

Juta sua linda!

Juta sua linda!

Juta sua linda!

Juta sua linda!Mas os artesãos começaram a ver nesse material abundante e barato um meio para criar seus objetos. Como sempre, no início, esses objetos eram mais rústicos, devido mesmo às próprias características dessa fibra.

Mas com a crescente valorização do trabalho artesanal e uma imensa vontade de muitos de se voltar para uma vida mais simples e em acordo com a natureza, esse material foi se renovando e dando lugar a criações mais refinadas e bem acabadas.

Lógico que todos os materiais têm suas limitações e a juta nunca vai conseguir chegar á sofisticação de um linho.

Mas com certeza ela pode ter lugar na sua vida, com toda simplicidade e apelo rústico.

Ele é um excelente material para se utilizar em festas ao ar livre. Combina perfeitamente com o ambiente e se integra a ele.

Se a festa é dentro de casa esse material traz o apelo campestre para dentro.

O mais gostoso é que grande parte dos objetos que são feitos com ele, você mesma pode fazer, utilizando poucas ferramentas e ainda outros objetos reaproveitados.

Essa lindeza vale a sua atenção.

Juta sua linda!

Juta sua linda!

Juta sua linda!

Juta sua linda!

Juta sua linda!

Juta sua linda!

Juta sua linda!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *