Minha pequena cozinha.

Minha pequena cozinha.Uma das minhas decisões para o blog nesse ano de 2015 foi começar a postar alguns vídeos ou posts sobre culinária.

Sempre gostei de cozinhar e de comer também. Dizemos na nossa família que qualquer problema conosco é resolvido em torno da comida!!!

Mas sempre vinha adiando essa decisão, por achar que estava com pouco tempo, ou porque minha cozinha era minúscula.

IMG_9605

IMG_9607

Minha pequena cozinha.

Minha pequena cozinha.IMG_9610

IMG_9611Daí tomei conhecimento de uma chef inglesa chamada Rachel Khoo, que vive em Paris e que tem uma cozinha menor do que a minha e ainda por cima um fogão de duas bocas e um forno minúsculo.

Então comecei a ver que adiar meu projeto era uma grande desculpa para não assumir mais um compromisso. O tamanho da cozinha era o menor dos meus problemas.

E fiquei na expectativa de comprar o livro dessa chef “A Pequena Cozinha em Paris”, quando que fosse lançado em português. Assim que adquiri, vi que ela fazia pratos saborosos e primorosos com esse espaço tão reduzido que falei para vocês.

Então a partir de agora vou compartilhar minhas aventuras na minha pequena cozinha. Vão ser receitas dos mais variados tipos e graus de dificuldade, mas também uma idéia muito legal.

Alguém já assistiu a um filme chamado Julie e Julia? É uma história real de uma moça chamada Julie Powel que decide cozinhar todas as 524 receitas de Julia Child em 365 dias.

Inspirada nessa história procurarei fazer as receitas do livro da Rachel Khoo ( de 15 em 15 dias!!), na medida em que encontro os ingredientes ou os substituo, no caso de alguma dificuldade em achá-los.Isso para provar a mim mesma que assim como ela, dá para fazer comida francesa sem grande afetamento e dificuldades.

Quando conheci Paris, resolvi sentar para jantar em um bistrô muito simples  no Quartier Latin. E quis experimentar alguns pratos típicos da culinária francesa como o Confit de Canard e o Creme Brûlée.O confit de Canard veio acompanhado de vagens selvagens e batatas com alho maravilhosas.

E qual não foi minha surpresa ao ver que uma das receitas no livro da Rachel Khoo era exatamente essa batata maravilhosa.E é por ela que nossa saga vai começar.

Então que comece o nosso desafio!!!

Gratin Dauphinois (Batatas Gratinadas – extraído do livro  A Pequena Cozinha em Paris Rachel Khoo)

Ingredientes

IMG_96131kg de batatas cerosa (ágata ou monalisa) – 300 ml de leite – 300 ml de creme de leite fresco – 1 pitada de noz moscada – 1 colher de chá de mostarda de Dijon – 1 colher de chá de sal – 1 dente de alho – 1 colher de sopa de manteiga amolecida – salsa picadinha (opcional)

Preparo:

Descasque as batatas e corte-as em rodelas de 3 mm de espessura.Coloque-as numa panela com o leite, o creme de leite, a noz moscada, a mostarda e o sal e cozinhe em fogo brando po 10 minutos.

Enquanto isso preaqueça o forno a 200 graus.Corte o dente de alho ao meio e esfregue as duas metades em todo o interior de um tabuleiro.Depois unte-o com manteiga.

Ponha a mistura de batatas com creme no tabuleiro, distribuindo-a uniformemente.Leve ao forno por 30 a 40 minutos ou até a mistura ficar dourada e borbulhando.Sirva quente, salpicando por cima um pouco de salsa se quiser, acompanhado de uma salada verde simples.

Minha pequena cozinha.

Minha pequena cozinha.

Minha pequena cozinha.

Minha pequena cozinha.

Minha pequena cozinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *